segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Sobre a corrente dos pensamentos


A natureza que vejo no inter-cidades da Beira Baixa 
Não é a paisagem a correr pela janela a 120 à hora.
Mas a rapariga recostada no lugar 43 a ler um romance.
A rapariga que a cada paragem na próxima estação
Envelhece sem nunca dar por isso.
Nem com a chuva que começou a cair 
E cada vez mais me entristece.

domingo, 20 de outubro de 2013

sábado, 19 de outubro de 2013

Ponto de Encontro



De quando em quando, e nos momentos  em que as águas do rio puxam para cima, passa um guarda.
Então, como quem procura ler o futuro nas vísceras, abre as pálpebras a um sonolento olho do boi  e espreita para dento.
Mas nunca obteve qualquer resposta sobre o destino de um corpo caído da ponte.  Alguma vez terá  encalhado numa das margens? 



domingo, 6 de outubro de 2013

Número total de visualizações de página